Segunda, 06 de Dezembro de 2021
22°

Poucas nuvens

Açailândia - MA

Polícia AÇAILÂNDIA

Duas pessoas são presas pela prática de pedofilia em Imperatriz e Açailândia

Nas duas residências alvos da ação policial foram apreendidos celulares e notebooks que possuíam imagens e vídeos de crianças e adolescentes

16/11/2021 às 15h52
Por: Valber Alves
Compartilhe:
Foto- Reprodução
Foto- Reprodução

Nos últimos dias 12 e 13 de novembro, uma operação da Polícia Civil do Maranhão batizada de “Subtrahas Abusus”, foi deflagrada nas cidades de Imperatriz e Açailândia no intuito de combater o crime de pedofilia. Com resultado do trabalho policial, duas pessoas foram presas em flagrante pela prática do crime durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão.

Segundo o Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos (DCCT/SEIC), nas duas residências alvos da ação policial residências foram apreendidos celulares e notebooks que possuíam imagens e vídeos (pornográficos) de crianças e adolescentes, material este que foi utilizado para prisão em flagrante, bem como para subsidiar investigação de abusos sexuais contra crianças e adolescentes.

Na ocasião, em Açailândia, além do material pornográfico, foi encontrada uma arma de fogo, munições e mais de 7 mil reais, ocasionando a prisão em flagrante do suspeito, também, pelo crime de posse ilegal de arma de fogo. Os Investigados foram conduzidos até as Delegacias Regionais de Imperatriz e Açailândia para formalização dos procedimentos e encaminhados às Unidades Prisionais locais onde ficarão à disposição da justiça.

A operação policial contou com as participações de investigadores da Superintendência Estadual de Investigação Criminal (SEIC) e do Grupo de Pronto Emprego (GPE) da 10ª Delegacia Regional de Imperatriz, além do Centro de Inteligência da Polícia Civil do Maranhão

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários