Vacinação
Prefeitura de AÇAILÂNDIA
ARTE BLOG
Maranhão

Após assassinato do marido, polícia descobre que crime foi encomendado pela esposa, no MA

Caso aconteceu em Paço do Lumiar. Mulher disse ainda que pagaria os criminosos com R$ 1.500 como “entrada” e o restante do valor seria dividido em parcelas de R$ 700.

25/08/2021 21h30
Por: Valber Alves
Fonte: G1 MA
107
Charles Cutrim era empregado em uma grande empresa em São Luís e foi morto a mando da esposa, segundo a Polícia — Foto: Arquivo Pessoal
Charles Cutrim era empregado em uma grande empresa em São Luís e foi morto a mando da esposa, segundo a Polícia — Foto: Arquivo Pessoal

Após uma investigação de mais de um ano, a Polícia Civil elucidou um crime e descobriu que uma mulher encomendou a morte do próprio companheiro, e ainda pagaria os criminosos com R$ 1.500 como “entrada” e o restante do valor seria dividido em parcelas de R$ 700,00, pagas via depósito bancário.

O crime aconteceu no início da manhã do dia 27 de março de 2020, quando a vítima Charles Cutrim de Sousa foi alvejado com disparos de arma de fogo na porta da própria casa no Residencial Renascer, região do Maiobão, em Paço do Lumiar.

Segundo a polícia, em um primeiro momento, o crime foi repassado como um possível latrocínio, mas no decorrer das investigações chegaram vestígios que apontaram a morte como homicídio. A esposa, após ser presa, confessou que decidiu matar o companheiro porque ele não aceitava o fim do relacionamento e costumava ameaçá-la de morte, caso se separassem.

O crime pode ter tido a participação de várias pessoas e, nesta quarta-feira (25), dois suspeitos foram presos nos bairros Pirapora e Vila Luizão e encaminhados para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Charles Cutrim era empregado em uma grande empresa em São Luís e, além do patrimônio pessoal, possuía seguro de vida.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários